Busca Segurança

Polícia Científica

10/10/2017

Diretor-geral da Polícia Científica é nomeado presidente do Conselho Nacional de Perícia Criminal

O diretor-geral da Polícia Científica do Paraná, Hemerson Bertassoni Alves, foi eleito presidente do Conselho Nacional de Perícia Criminal, durante a 24ª edição do Congresso Nacional de Criminalística, que foi sediado em Florianópolis, Santa Catarina.

A reunião ordinária do Conselho aconteceu no período de 02 a 04 de outubro com a participação dos 27 dirigentes da perícia criminal dos estados brasileiros, além do dirigente da Polícia Federal. Por unanimidade, durante o evento, as 28 autoridades presentes elegeram o doutor Hemerson Bertassoni Alves presidente do Conselho e a superintendente de Polícia Técnico-científica de Goiás, doutora Rejane da Silva Sena Barcelos como a vice-presidente, tendo ambos mandato até 2018.

Para Hemerson Bertassoni Alves, o Conselho Nacional de Perícia Criminal tem uma função importantíssima dentro do cenário das perícias oficiais de natureza criminal. “É um órgão que produz políticas públicas da perícia no Brasil e, consequentemente, faz com que enalteça mais o nosso trabalho frente à comunidade e a persecução criminal”, afirma ele.

Além da eleição do presidente e vice, o Conselho discutiu a reformulação do estatuto do órgão, enquanto os dirigentes receberam da Polícia Federal padrões de drogas produzidas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para uso nos laboratórios químicos da perícia dos estados.

OUTRAS INDICAÇÕES - No mesmo evento, a perita criminal Fabíola Machado, também da Polícia Científica do Paraná recebeu no concurso de fotografia forense o prêmio de melhor foto em local de crime. Enquanto o perito criminal Leandro Cerqueira Lima foi nomeado presidente da Associação Brasileira de Criminalística.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.