Polícia Científica

08/07/2020

Polícia Científica faz perícia em local de prédio que desabou em Colombo, na RMC

Equipes do Instituto de Criminalística, pertencente à Polícia Científica do Paraná, retornaram nesta semana a cidade de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba, onde um prédio desabou no último sábado (04/07). A finalidade é realizar exames complementares que vão contribuir para a identificação das causas do desabamento. No local foram feitas medições e materiais foram coletados para serem confrontados com o projeto da obra que acontecia no terreno.

Desde a madrugada de sábado, quando o prédio desabou e o Instituto de criminalística foi acionado pela Polícia Civil, peritos criminais estão trabalhando no local para expedir o laudo que aponte a causa do colapso na estrutura. O documento, que será anexado ao inquérito policial, levará, pelo menos, 60 dias para ser concluído.

De acordo com a engenheira civil e perita criminal do Instituto de Criminalística, Joice Malakoski, na expedição inicial que aconteceu no dia do desabamento, as equipes da Polícia Científica constataram uma escavação ao lado do prédio que pode ser uma das influências do colapso na estrutura. No local, seria construído um estacionamento de dois andares, um no subsolo.

“Verificando a escavação, nas análises iniciais, nós podemos ver que a forma com que ela foi executada, e a princípio, a inexistência de algum tipo de contenção do maciço terroso abaixo da edificação já existente, fez com que o suporte dos blocos de fundação fossem danificados. Então, não tendo a sustentação necessária para que os blocos permanecessem na sua posição original, eles deslizaram e foram abaixo, causando o colapso da estrutura”, explica a perita criminal.

As análises feitas até o momento são preliminares. O Instituto de Criminalística aguarda que a Defesa Civil libere a remoção dos escombros para que novas inspeções em campo sejam feitas em segurança e com precisão no resultado das perícias. O laudo final será encaminhado à Polícia Civil, que é a instituição responsável pelas investigações do desabamento.

O DESABAMENTO - Na madrugada do último sábado (04/07), o Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer cinco pessoas que estavam no prédio que desabou em Colombo (PR). Entre os feridos, uma mulher de 50 anos e duas crianças, de seis e 10 anos, estavam presas nos escombros e foram resgatadas pelos bombeiros militares. A Polícia Civil do Paraná investiga o caso.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.