Polícia Científica auxilia na divulgação de cartilha de segurança para internet
23/06/2014 - 09:40

A Polícia Científica do Paraná auxiliou o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil, do Comitê Gestor da Internet no Brasil, a divulgar a Cartilha de Segurança Para a Internet. O material contém dicas sobre como se prevenir de crimes cibernéticos e formas de o internauta estar atento a tudo que acontece na rede. O trabalho foi desenvolvido por meio da Seção de Computação Forense do Instituto de Criminalística do Paraná.

Para o diretor-geral da Polícia Científica do Paraná, Luvercy Rodrigues Filho, a ação pode ajudar a evitar a ocorrência de crimes on-line. "É de extrema importância que haja a divulgação de dicas de segurança de internet para que cada vez mais as pessoas estejam preparadas para as diversas armadilhas que a todo momento estão presentes, até mesmo dentro de nossas residências. É importante também para alertar as crianças sobre o uso correto da internet e para a conscientização dos pais", afirma.

Um dos tópicos contidos na cartilha refere-se aos principais riscos na internet, que estão relacionados a golpes, ataques, códigos maliciosos e spam. Outras dicas divulgadas são de como se prevenir de possíveis armadilhas com a ajuda de mecanismos de segurança, contas e senhas, e criptografia. O material também contém capítulos como: Uso seguro da internet, Privacidade, Segurança de computadores, Segurança de redes e Segurança em dispositivos móveis.

O manual esclarece que muitas pessoas acham que não são alvos de golpes. “Grande risco relacionado ao uso da Internet é o de você achar que não corre riscos, pois supõe que ninguém tem interesse em utilizar o seu computador ou que, entre os diversos computadores conectados à internet, o seu dificilmente será localizado. É justamente este tipo de pensamento que é explorado pelos atacantes, pois, ao se sentir seguro, você pode achar que não precisa se prevenir”, diz trecho da cartilha.

Também é demonstrado no material que a população deve estar atenta a sites e pessoas que se comunicam de forma virtual. “O primeiro passo para se prevenir dos riscos relacionados ao uso da internet é estar ciente de que ela não tem nada de 'virtual'. Tudo o que ocorre ou é realizado por meio da internet é real: os dados são reais e as empresas e pessoas com quem você interage são as mesmas que estão fora dela”, orienta outro trecho do documento.

A cartilha pode ser encontrada no link: http://cartilha.cert.br/seguranca/

GALERIA DE IMAGENS