Polícia Científica recebe equipamentos para agilizar exames de DNA
12/12/2013 - 16:30

O Governo do Estado, por meio do Fundo Especial de Segurança Pública (Funesp) adquiriu novos equipamentos para dar agilidade aos exames de DNA realizados pelo Instituto de Criminalística.

Com os equipamentos recebidos, será possível realizar até doze extrações de DNA de ossos simultaneamente e também separá-los de forma mais rápida. Segundo o chefe do Laboratório de DNA do Instituto de Criminalística, Hemerson Bertassoni Alves, as novas máquinas adquiridas pelo Estado são essenciais para que laudos sejam concluídos com maior rapidez. O perito dá como exemplo o laudo do exame que elucidou um crime de estupro na cidade de Palmas. O laudo foi concluído em 20 dias, tempo que poderia ser maior caso não houvesse as máquinas.

O investimento na Polícia Científica faz parte do Programa Paraná Seguro, um plano elaborado pelo Governo do Estado para reestruturar a área da Segurança Pública. Dentre as ações estão previstas novas sedes para o Instituto Médico-Legal em Curitiba, Paranaguá, Maringá e Londrina.

GALERIA DE IMAGENS