Polícia Científica reforça equipes de trabalho no litoral durante operação Verão Consciente
30/12/2020 - 16:45

A Polícia Científica do Paraná iniciou sua participação no Verão Consciente 2020/2021, no litoral do estado, nesta semana. Entre as frentes de atuação, está o reforço no trabalho de localística, feito pelo Instituto de Criminalística, e os trabalhos de plantão do Instituto Médico-Legal (IML). O objetivo é dar celeridade aos trabalhos neste momento de maior fluxo de pessoas na região.

Cerca de 50 servidores, entre peritos criminais e auxiliares de perícia, farão revezamento ao longo da temporada. Sete viaturas da instituição estarão à disposição das equipes no  posto de atendimento temporário, em Matinhos, escolhido estrategicamente pela facilidade de deslocamento para os demais municípios. Durante todo o período de vigência da Operação Verão Consciente, a Polícia Científica estará com as equipes em regime de plantão 24 horas, nos sete dias da semana.

“Nós temos um apoio tanto de pessoal quanto de estrutura para melhor atender a população do litoral e os visitantes. Neste período, a comunidade pode contar com o reforço em todos os trabalhos de medicina-legal e perícia criminal. Nossos profissionais estão preparados, munidos de equipamentos tecnológicos e operacionais, para trazer luz à justiça por meio da ciência em mais uma temporada de verão”, declarou o diretor-geral da Polícia Científica do Paraná, Luiz Rodrigo Grochocki.

Além da intensificação de todos os trabalhos prestados pela Polícia Científica no  litoral, durante o Verão Consciente haverá equipe do setor de Perícias em Locais de Desastres em Massa - Identificação de Vítimas de Desastres (DVI)  em sobreaviso para eventual atendimento, a qual se deslocará de Curitiba para atender a situação.

COVID-19 - Nesta temporada de verão, os trabalhos lúdicos e de aproximação com a comunidade, normalmente desempenhados pela Polícia Científica no período de Operação Verão, foram suspensos como medida de prevenção à contaminação da Covid-19. A instituição vai aguardar novas orientações das autoridades de Saúde Pública para poder adequar as atividades que levam conhecimentos de ciências forenses à sociedade, de forma mais atrativa e dinâmica no período de férias. 

“Neste momento de pandemia, estamos somente realizando os atendimentos externos. Aquela operação na beira da praia para fazer foto com a população e mostrar a realidade do trabalho que envolve ciências forenses, como fizemos em temporadas anteriores, não será possível neste momento de pandemia, mas estamos à disposição com outros serviços”, explicou o coordenador do Verão Consciente pela Polícia Científica, perito oficial Márcio Alexandre Tavares.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias