Secretaria da Segurança recebe projeto para implantação de unidade da Polícia Científica no campus da UEPG
17/07/2021 - 15:20

O Secretário da Segurança Pública do Paraná, Romulo Marinho Soares e o diretor-geral da Polícia Científica, Luiz Rodrigo Grochocki receberam, nesta semana, o reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), professor Miguel Sanches Neto e o Deputado Estadual Rodrigo Estacho para continuidade de tratativas referente à implantação da unidade da Polícia Científica no campus da UEPG. Na ocasião, o reitor e a pró-reitora de planejamento, Andrea Tedesco, fizeram a entrega do projeto às equipes técnicas da Secretaria da Segurança Pública do Paraná (Sesp) e de Polícia Científica do Paraná.

 

A implantação deste projeto inovador no Paraná trará benefícios tanto para a população, com os serviços de medicina legal, quanto para a formação dos estudantes. A partir de agora a Sesp vai trabalhar, com outros atores, na busca para captação do recurso para a construção da obra e, de acordo com o secretário da segurança, o projeto para criar a Polícia Científica dentro da universidade está em tratativas, entre as instituições contempladas, desde o ano passado. Além de ser um sonho antigo para a Cidade de Ponta Grossa é também uma pauta positiva não só para Secretaria, mas também para a Universidade e para a região dos Campos Gerais do Paraná.

 

“A Secretaria vê a implantação deste projeto dentro da universidade como uma pauta muito positiva, pois é um ganho tanto para a sociedade quanto para os acadêmicos que vão poder usufruir desse benefício. Se conseguirmos implantar, a unidade da Polícia Científica de Ponta Grossa será uma das mais modernas do Brasil, com estrutura adequada e tecnologia, que vai servir de modelo para implantação em outras cidades”, ressaltou o Secretário.

 

Para a construção da unidade, a UEPG cedeu um terreno no campus com cerca de 50 alqueires e, durante a reunião, fez a entrega do projeto, o qual inclui cerca de 300 arquivos, com todas as liberações para a licitação, e é uma das etapas para a futura implantação da unidade da Científica na Universidade. Os próximos passos devem ser a assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre Sesp e UEPG e as tratativas para a licitação que contratará a empresa para construir a obra no Campus da UEPG.

 

“Nós unimos nossos esforços, juntamente com a equipe técnica da UEPG, cedemos o terreno e fizemos o projeto da nova sede em Ponta Grossa, em parceria com os cursos da área da saúde, que terão ao lado da nova unidade um centro de anatomia”, informou o reitor. “É um projeto inovador, que vai trazer mais segurança, mais conforto para as pessoas que precisam da Polícia Científica e para os alunos da área da saúde da UEPG, que terão uma experiência de formação melhor porque estarão próximos”, completou.

 

Após o término da obra, os serviços de medicina legal e de criminalística que a cidade de Ponta Grossa já possui serão migrados para a nova unidade da Polícia Científica na UEPG e o prédio usado atualmente para estes serviços será utilizado para custódia de vestígios, o que será um grande benefício, conforme destacou o diretor-geral da Polícia Científica, Luiz Rodrigo Grochocki.

 

“Na universidade teremos laboratórios de uso compartilhado, onde teremos espaço para ensino e pesquisa e para a atividade de perícia criminal. É uma estrutura muito moderna, inovadora que permite o compartilhamento de sua estrutura tanto física quanto de pessoal, que gerará um atendimento melhor para a população e uma economia para o serviço público como um todo”, afirmou o diretor Grochocki.

 

Os Deputados Estaduais, Rodrigo Stacho e Hussein Bakri (líder do Governo), são representantes da cidade de Ponta Grossa e são grandes incentivadores para a concretização e entrega deste projeto. “Eu acredito que será a estrutura mais moderna do Brasil, a qual, futuramente, vai poder se estender para cursos de formação de médicos legistas e poderá ser cedido para uso a outras universidades”, disse o Deputado Rodrigo Stacho. “Ficou um projeto fantástico não só para o município de Ponta Grossa, mas para todo os Campos Gerais”, ressaltou Stacho.

 

Participaram da reunião, o Secretário da Segurança Pública do Paraná, Romulo Marinho Soares; O Deputado Estadual, Rodrigo Stacho; o reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), professor Miguel Sanches Neto; a pró-reitora de planejamento, Andrea Tedesco; o diretor-geral da Polícia Científica, Luiz Rodrigo Grochocki; o chefe de engenharia da Sesp, tenente-coronel Ivan Fernandes e o assessor da Polícia Científica na Sesp, Ciro Pimenta.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias